segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Zombie



... e a música não pode parar.

Eu cheguei cansada, olhei para meu violão todo desafinado, pensei em tocar mais uma vez a música Zombie para ela tentar fazer igual, mas me lembrei que estamos separadas e a única coisa que deixei para trás foi as eternas lembranças.
Uma mãe, uma filha 'gêmea', um violão para três, uma senhora dos cabelos vermelhos, uma cidade cheia de morros, abraços dados, beijos recusados, uma canção doce/amargo, a saudade.

E a batalha não terminou ali. Meu sonho começou mas não vai terminar aqui.

... porque as coisas boas sempre se repetem!!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Não vá embora


Uma vez recebemos um anjo em casa.
Ela veio de fininho, com suas asas cheia de cores, com seu rosto sereno e um sorriso sempre estampado.
Ela era linda!
Lembro que ela ficou por aqui nem mais de uma semana e que logo retornou para onde surgiu.
Lembro também de vê-la andando a noite pela casa, e seguindo seus passos eu logo percebia de olhos fechados que ela estava do meu lado. O vento que antes soprava frio, se esquentava e antes de abrir os olhos, eu sentia um beijo singelo no rosto de boa noite, e assim ela voltava para seu aposento, que na verdade nem era seu.
Mas ela se foi.
Nos comunicávamos através de pensamentos e eu ria sozinha quando lembrava das diversas caras que ela fazia só para nos deixar mais feliz.
Eu adorava em silêncio os abraços repentinos que ela nos dava e sua mania de achar tudo e todos LINDOS!
Esse mundo que ela ver, onde todas as pessoas são lindas, é o que procuro entender.
Pedi tanto para que esse anjo voltasse para me ensinar a enxergar isso!!
Ela veio de mala e cuia e ficou no quarto da minha irmã.
Eu me perguntava o porquê dela ter ficado lá, mas resolvi deixar essa pergunta de lado porque eu estava muito alegre só de saber que ela estava no quarto ao lado e que agora iria me ensinar não só enxergar cores num mundo pálido mas como tocar harpa também.
Ela ficou aqui mais que uma semana.
Eu adorava passear com ela por ai. Era divertido e ela não tinha vergonha de pagar 'mico' só para nos ver sorrindo.
Posso dizer que ela era a música que faltava na minha vida.
Suas palavras disconexas, suas piadas sem noção, sua cara dramática e o som, aquele som que agora vai me fazer falta, porque ela está indo embora amanhã.
Hoje entendo que os anjos podem até ficar mais tempo no nosso lar, mas para isso temos que querer muito e em conjunto.
Na próxima vez que ela voltar, eu quero que ela fique no meu quarto.
Vou trancar ela lá, porque assim terei a certeza de que ela não vai mais ir embora, porque eu sei que preciso dela aqui, mas não sei do conjunto, eu só sei de mim.

===========
Post dedicado a Caroline Baldin
Eu acredito em você Luluh!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Just memories


I prefer to take your best smile
that one when I arrived

We were trying to figure out some way of being together
I moved to your city
Found out a place to stay
We had some days of fun
but then you didn't give a shit

I had a big fight with myself
trying to understand your bad mood
You were darker than I could imagine
The way I'm too sensitive
made me weak and forceless

Now I'm going to north
before we get mad with other
I don't wanna get hurt anymore
No more fight
No more affection
Just memories

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Estações

Hoje estou Ana Carolina,
Amy Lee, Clementina.
Estou doente, cancerígena
nada contente.
Angustiada que dar marcas
de ver pichada no pulso
as feridas estampadas.
Hoje estou ansiosa
mais para extravagante
do que silenciosa.
Hoje adormeci acordada
sobre anestésicos
Ouvi palavrões,
soluços histéricos!
Hoje tenho raiva de estar esquecida
de não ouvi você me procurar,
de estar enfraquecida.
Hoje estou Ana Carolina
e o amanhã já não é mais meu.
Jatobá, Francisco, Romeu...

======
Poesia do meu perfil em Recanto das letras

terça-feira, 24 de novembro de 2009

500 dias com ela - resenha



por Gabriella Lima

500 dias com ela (500 days of Summer)

"Extremamente delicioso e foge do clichê felizes para sempre."

"Zooey Deschanel está incrivelmente apaixonante neste filme."

O romântico Tom tinha uma certeza convicta de que uma vida só seria completa e feliz
quando tivesse ao seu lado seu grande amor.
Até então sua vida era apenas uma rotina sem sentido, onde trabalhava em um emprego que na verdade nem era seu grande sonho (ele era escritor de cartões comemorativos).
Um belo dia ele se depara com uma nova assistente de seu chefe e para ele, foi amor a
primeira vista.
Encantado com a beleza de Summer, eles acabam fazendo amizade, e nesse meio tempo ele
percebe o quanto seus gostos eram parecidos e ali ele tem a certeza de que ela era o amor que faltava em sua vida.
Porém, Summer não queria compromisso sério, mesmo curtindo aquela relação "casual" na qual eles entraram num "acordo", mas no fundo, Tom estava confuso, pois ele queria algo mais consistente.
A história é contada de trás para frente, em forma de lembranças. É divertida, doce e nos deixa uma mensagem clara, de que amor não tem explicação, e que almas gêmeas é algo muito mais recíproco do que imaginamos, e que para isso acontecer, a outra parte tem que sentir o mesmo também.
Você já amou intensamente sozinho? Já tentou entender o porquê dessa pessoa não ter se apaixonado por você da mesma forma?
Então faça-me o favor de assistir 500 dias com ela que você entenderá e verá que a vida continua com ele (a) ou sem ele (a).

Atores: Zooey Deschanel, Joseph Gordon-Levitt, Minka Kelly, Clark Gregg, Geoffrey Arend, Chloe Grace Moretz, Matthew Gray Gubler.

domingo, 22 de novembro de 2009

SUA INFANTILIDADE


por Wagner Rocha


a sua infantilidade é quem lhe faz ser assim
tão inconstante, indeciso e inseguro de si
você confunde a arte com a pureza do amar
sente ciúmes do nada e põe-se a delirar

seu manifesto foi claro e importante pra
mim
fez-me ver quem você era pondo a espera
um fim
acreditei em seus versos quando falava de
amor
chamei-lhe de alma gêmea de seu jardim
fui a flor

belas canções dediquei cheias de encanto e
paixão
mas vejo que me enganei ao dar-lhe meu
coração
quem sabe agora eu aprenda a não mais
me entregar
buscar o desconhecido de alma acreditar

amar alguém que não sabe o que realmente
sente
hora me chama de amor hora se torna
ausente

o que mais me entristece é ver que está
iludido
buscando em outros braços conforto paz e
abrigo

quero que seja feliz junto a quem hoje está
não se preocupe comigo consigo me
levantar
tive momentos difíceis passei por decepções
você não é o primeiro já tive desilusões

vou continuar meu caminho buscando a
felicidade
alguém que me valorize com toda a
sinceridade
seguirei o meu destino ao lado de outro
amor
dedicá-lo-ei com carinho esta mulher que
eu sou

==========================================

Em breve Wagner Rocha lançará seu primeiro livro de poesias.
Aguardem!!!

ARREPENDIMENTO


(...) Me arrependo das coisas mal feitas.

postado no Recanto das letras.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Em Drácula


" Que Deus me preserve, pelo menos por causa daqueles que me são caros!"

Jonathan Harker

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Bring me to life

O título é bastante sugestivo, " Me traga a vida".

Bom, o que fazemos quando uma nostalgia nos pega de jeito?

Postei um vídeo com fotos e eu cantando Bring me to life e relembrando momentos Enfart.
E só de saber que a Amy esteve aqui em solo paulista... ai ai.

Bom resto de semana a todos.

Mil beijos.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O SEGREDO

Hey Pessoal!
Já fazia um tempinho que não escrevia crônicas mas voltei com tudo.
Confira o segredinho de Lucinha para não perder as esperanças no tocante "emprego" e divirta-se com uma leitura descontraída e divertida.

http://recantodasletras.uol.com.br/cronicas/1908072

postado no recanto das letras.

Otimo final de semana a todos!!
Um grande beijo,
Gabi

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Feels like home

Something in your eyes makes me want to lose myself
Makes me want to lose myself in your arms
There's something in your voice
Makes my heart beat fast
Hope this feeling lasts the rest of my life

If you knew how lonely my life has been
And how long I've been so alone
If you knew how I wanted someone to come along
And change my life the way you've done

Feels like home to me
Feels like home to me
Feels like I'm all the way back where I come from

=================
Precisaria dizer mais?
Boa semana pessoal.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Tomates verdes fritos

Engraçado como ando inspirada, mas uma letra que tento escrever uma canção, parece ter ficado agarrada na garganta. E ela sabe que preciso de ajuda...

Essa semana estava tão sedenta da Veronika, que li sua historia em dois dias.
Fiz uma resenha bacana sobre que postei no recanto das letras e no skoob.

Hoje assisti um filme que aparentemente tinha o nome mais horrível que já li, mas que me fez me emocionar.
Posso te convidar a lê-lo?

http://recantodasletras.uol.com.br/resenhasdefilmes/1901823

Deixo um grande beijo aos visitantes.
Ótima semana para nós!